Restaurantes temáticos que você precisa conhecer

Está pensando em abrir um restaurante? Certamente uma de suas preocupações é como se destacar entre tamanha competição, certo? Uma das melhores formas de fazer isso é focar na cenografia do seu empreendimento e investir em um restaurante temático.

No entanto, não basta apenas uma decoração ali ou acolá para se diferenciar: temos de aprender com os cases de sucesso. Que caminho seguir? Restaurantes étnicos, de temas relacionados à cultura pop ou algo fora da caixa? Veja aqui dez restaurantes temáticos renomados que lhe trarão inspiração para começar!

Restaurantes temáticos pelo mundo

O que você diria de um restaurante que tem de ser construído novamente todo ano, apenas para derreter ao fim do inverno? Essa é a proposta do Snow Castle Restaurant, na Finlândia. Tudo, da locação às mesas, é feito de gelo.

Para quem é fã de filmes, vale a inspiração no Serendipity 3, localizado em New York, baseado no filme de mesmo nome, tendo como prato principal a sobremesa dividida pelos dois personagens centrais da película. Também em NY, há o Ninja, inspirado nos milenares personagens japoneses, que servirão seus sushis e oniguiris entre saltos e truques.

Deixando o convencional de lado, há ainda o Alcatraz E.R, novamente em terras nipônicas, que emula o ambiente (e a comida!) da famosa prisão americana. Mas se você quer realmente quebrar todos os padrões, é melhor se inspirar no Ithaa, nas Ilhas Maldivas: todo o restaurante fica sob o mar, rodeado por vidro. A experiência é cara, mas a vista certamente compensa.

Bons exemplos nacionais

Em São Paulo, temos o Khan el Khalili, casa de chá temática inspirada nas culturas árabe e egípcia, com quase todos os artigos de decoração vindos direto do Egito. Para os mais interessados em música, o The Clock Rock Bar, ainda na capital paulista, é uma boa fonte. As décadas de 50 e 60 dão o tom da decoração, da música, comida e vestuário dos atendentes, incluindo até mesmo aulas de dança!

Outro exemplo vindo da cidade que nunca dorme é o Wall Street Bar: inspirado na Bolsa de Valores americana. O local usa um sistema de preços que varia de acordo com a demanda do produto, cujo pedido é feito diretamente pelo cliente em uma tela touch screen.

No Recife, temos o Downtown Pub, que emula fielmente o ambiente de um tradicional pub inglês. Para os que preferem algo descontraído, existe o Bar do Corno¸ em SP, baseado na cultura do interior nordestino.

E não poderíamos deixar de falar do Svärten Mugg na cidade de Belo Horizonte, onde criamos um conceito de taberna mais contemporânea com inspirações nórdicas e referências Vikings. Quem não conhece vale a pena ter essa experiência em homenagem a cultura viking e todo seu cardápio inspirado na gastronomia escandinava.

São muitos os exemplos de restaurantes temáticos de onde podemos tirar inspiração, mas alguns cuidados são essenciais. Com um público cada vez mais seletivo, o mergulho no tema deve ser total: nada de um ou dois quadros na parede.

Tudo, desde a comida até o detalhe de decoração, deve remeter ao tema. Estude bem a cultura ou temática em que deseja se inspirar, invista no treinamento de sua equipe e monte o restaurante que será o novo sucesso da cidade!

Gostou do post e está pronto para pensar no seu empreendimento? Dê uma olhadinha em nosso post de cenografia e arquitetura e mãos à obra!